Navegando anonimamente com TorK

“Todos que navegam na Internet são rastreáveis”.

Pacotes de dados de internet incluem não só os dados reais a serem enviados, mas também os cabeçalhos com informações de roteamento que são usados para orientar os pacotes para seus destinos. Mesmo se você usar criptografia como segurança extra, as informações de roteamento – que não podem ser criptografadas – podem revelar detalhes sobre o que você está fazendo, com quem você está falando, em quais serviços você está conectando, e os dados que você esta acessando. Intermediários (autorizados ou não) podem ver esses os dados e aprender mais sobre você.

Se você quer um nível mais elevado de anonimato, TorK pode fazer o trabalho. Ele usa a rede Tor (The Onion Router)  para oferecer uma maneira mais segura de navegar.

Artigo na íntegra no Linux.com (em Inglês).

Anúncios

Liberada versão 0.7.105 do Distribuição StressLinux

Carsten Schöme anunciou a liberação da release 0.7.105 do StressLinux, uma distribuição linux baseado no openSUSE e dedicada aos usuários que precisam, ou gostam, de testar e monitorar seus sistemas.

Texto do site oficial:

“A nova versão do StressLinux (0.7.105) está pronta para download. O sistema básico é agora o openSUSE 11.4 com drivers de rede atualizados para placas r8101, r8168 e r8169. Os pacotes específicos StressLinux também foram atualizados, bem como, incluidos BusyBox, iperf, lm_sensors, lshw, Memtest86, Memtest86 +, mprime, smartmontools (SVN r3314), x86info e cruncher-y. Há um problema conhecido, Memtest86 + não está funcionando a partir das imagens ISO. Este parece ser um problema entre o novo pacote e o SUSE Studio Build System e será corrigido em uma próxima versão…”

Changelog completo pode ser visto na página do projeto StressLinux.org.

Download:

StressLinux 32bits 0.7.105 (226MB)

StressLinux 64bits 0.7.105 (194MB)